Blog TEMPO RUN Voltar para o Blog

Set 1

São Silvestre muda percurso e chegada será no Parque do Ibirapuera

Fernando

Após anos de estudos e rumores, o percurso da tradicional corrida de São Silvestre será alterado para a edição deste ano.

A largada continuará ocorrendo na avenida Paulista, mas a chegada dos corredores acontecerá na Praça Túlio Fontoura, em frente ao obelisco do Parque do Ibirapuera.O novo traçado, segundo anunciado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) será o seguinte: largada na avenida Paulista em frente ao Masp, rua da Consolação, rua Rego Freitas, avenidas Duque de Caxias e São João, Viaduto Elevado Arthur da Costa e Silva (Minhocão), praça Padre Péricles, rua Marta, rua Margarida, al. Olga, baixos do Viaduto Pacaembu, rua Barra Funda, rua Dr. Carvalho de Mendonça, al. Nothman, alameda Barão de Limeira, av. São João, Largo do Paissandu, rua Conselheiro Crispiniano, praça Ramos de Azevedo, Viaduto do Chá, rua Líbero Badaró, Largo São Francisco, viaduto Brig. Luís Antônio, av. Brig. Luís Antônio, av. Mal Estênio de Albuquerque Lima, rua Manoel da Nóbrega, rua Nabia A. Chohfi e av. Pedro Álvares Cabral, chegando à Praça Túlio Fontoura em frente ao Obelisco.

O motivo alegado para a alteração é evitar a aglomeração dos atletas com as pessoas que vão à avenida Paulista participar da festa de Reveillon.

Em razão da comemoração de Ano-Novo, a prova perdeu área de escape de atletas ao fim do percurso, na região da avenida Brigadeiro Luís Antônio.

Apesar da alteração, não haverá mudança na distância do percurso de 15 quilômetros. Desde 1966, a tradicional prova, que iniciou em 1925, começa e termina na Paulista.


MUDANÇA

No final de 2010, a Folha já tinha divulgado que por causa da festa de Réveillon a corrida teria de sofrer alterações no percurso.

Para amenizar o problema e tentar evitar o encontro participantes da corrida com o público do Réveillon em 2010, os atletas receberam o kit da prova com a medalha antes da corrida, e os chips também foram descartáveis.

Desde junho de 2010, os organizadores da São Silvestre buscavam uma solução. Antes da edição passada, eles fizeram uma reunião com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), mas não chegaram a um acordo a tempo.

Os organizadores também pleitearam que a festa de Réveillon fosse realizada em outro ponto da via para tentar manter a chegada da corrida na avenida Paulista.

A ideia era que se o palco da festa fosse deslocado duas quadras em direção à rua Augusta, os organizadores poderiam usar mais duas faixas de trânsito para a largada e a chegada da prova. O palco da festa de Réveillon ficou entre as rua Ministro Rocha Azevedo e Padre João Manuel. 

Fonte: Folha.com

Compartilhe:

Comentários

Adicione Qualidade aos seus treinos de Corrida // Quero fazer o treino online!