Blog TEMPO RUN Voltar para o Blog

Fev 13

A inflação na corrida de rua

Fernando


Já faz algum tempo que os preços de inscrições para corridas de rua sobem a cada ano, e muito  acima da inflação (quando eu digo muito é por que é muito mesmo, quem corre sabe do que estou falando).

Eu corro desde 1997 quando as corridas ainda estavam engatinhando se compararmos com a quantidade de provas atualmente, não existia nem chip no tênis e tudo era mais simples.

Anos atrás somente as provas de “grife” custavam mais de R$ 80,00, como o circuito da Track & Field por exemplo. Atualmente os organizadores partem do pressuposto de que os corredores são uns sem noção que pagam o que lhes for imposto, e colocam os valores de inscrição nas alturas. 

Um exemplo recente é a São Silvestre, subiu de R$ 90,00 em 2011 para R$ 120,00 em 2012, aumento de 33,33% no valor. Apesar desse aumento, até onde eu sei a prova continuou com o mesmo número de inscritos (senão tiver sido maior), ou seja, será que os organizadores tem razão?

Como se não bastasse os valores absurdos das inscrições, percebo que os kits entregues nas provas, principalmente as camisetas, estão com uma qualidade muito inferior, e essa sensação é geral entre os corredores.

Decidi escrever sobre o assunto depois que vi o preço da prova Fila Night Race, organizada pela Latin Sports, pra mim o maior absurdo dos últimos meses.
Uma prova de 5km ou 10km está custando nada mais, nada menos do que R$ 112,00, isso mesmo, R$  112,00.
Mas por que? Será que o kit é especial?  Tire suas próprias conclusões, o kit contém:

- 1 camiseta Fila
- 1 sacola (porta tênis)
- 1 bracelete de led
- 1 par de cadarços
- 1 porta número de peito

Será que é o bracelete de led que encareceu o kit? Afinal de contas, um bracelete de led é um bracelete de led, item indispensável em uma corrida noturna né? 
Indispensável só se for para a organização tirar fotos dos corredores vagalumes na largada e poder mostrar para os patrocinadores dizendo: “Olha só quanto vagalume correndo a prova, foi um sucesso!”

Só para efeito de comparação, a Asics Golden Four que é uma meia maratona com ótima organização, isotônico e água a cada 3km, kit de qualidade com uma feira de exposição de produtos e novidades na entrega e inscrições limitadas vai custar R$ 100,00 este ano, R$ 12,00 mais barato para correr 21km.

Notei que a Night Run, etapa SP este ano está custando R$ 94,90 até 23/02 e R$ 109,90 após, valores que eu também considero fora da realidade.
Duas provas noturnas que estão inflacionando o mercado de forma absurda, será que é mais caro organizar uma prova noturna? 
Evidências mostram que não, pois a Corrida da Lua em Campinas está custando R$ 70,00.

Gostaria de deixar claro que essas provas são eventos privados, eles cobram o que quiser e também paga quem quiser, só acho que se os corredores se unissem e boicotassem essas provas com a ausência poderíamos reverter esse quadro. Afinal as provas não existem sem os corredores.
Não acho que os corredores devem participar na “pipoca”, pois não é assim que vamos combater esses absurdos, isso só vai servir para que eles utilizem isso como desculpa para o aumento nos preços. O que devemos fazer é boicotar de verdade, ignorar que a prova exista e deixá-la às moscas. 
Já imaginou a cara do patrocinador ao ver que a prova que ele investiu foi um fracasso?

Com a palavra os organizadores, para quem sabe tentar justificar esses custos.
A atitude fica por conta dos corredores, que decidem se vão aceitar ou não esses valores.



Compartilhe:

Comentários

Adicione Qualidade aos seus treinos de Corrida // Quero fazer o treino online!